- Ache os Cursos e as Faculdades certas para você! Clique aqui!

- Bolsas de Estudo - são mais de 1.200 faculdades oferecendo descontos de até 75%! Saiba mais!

Versão para impressão     Enviar para um amigo    

Home : notícias

IES da região aprovam termos de Convênio de Mobilidade Estudantil. Previsão é que ele inicie no 1º semestre de 2016

Fonte: Imprensa Univasf

21/08/2015


Representantes da Universidade Federal do Vale do São Francisco (Univasf), do Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia do Sertão Pernambucano (IF Sertão-PE), da Universidade de Pernambuco (UPE), da Faculdade de Ciências Aplicadas e Sociais de Petrolina (Facape) e da Universidade do Estado da Bahia (Uneb) discutiram e aprovaram, no início de agosto, os termos do convênio que irá possibilitar a mobilidade estudantil nos cursos de graduação oferecidos por cada uma destas instituições. A redação final do documento, com as considerações apresentadas durante a reunião, será realizada pela Uneb. A solenidade de assinatura do Termo de Cooperação deverá acontecer nos próximos meses.

O intuito do Termo de Cooperação é possibilitar aos estudantes matriculados nestas IES a oportunidade de cursar disciplinas ou componentes curriculares nas outras instituições parceiras durante o período de graduação. De acordo com a diretora de Planejamento e Ensino da Pró-Reitoria de Ensino (Proen) da Univasf, Érica Checcucci,, a parceria tem grande relevância para os estudantes, que poderão participar de contextos de aprendizagem diferentes e estudar conteúdos e disciplinas diversos durante a graduação, enriquecendo sua formação profissional. “Essa perspectiva amplia as possibilidades de formação dos estudantes em quantidade e em diversidade de experiências, além de favorecer uma maior integração entre os próprios universitários destas instituições de ensino”, observa.

O documento estabelece a regulamentação geral da parceria envolvendo as instituições de ensino. No entanto, Érica explica que cada IES terá regulamentação própria e lançará seus editais de processo seletivo, com as normas de funcionamento internas do programa. A previsão é que o programa de mobilidade entre em vigor no primeiro semestre letivo de 2016.





Versão para impressão     Enviar para um amigo